sábado, 15 de fevereiro de 2014

[Resenha] Psicose

Autor: Robert Bloch
Editora: Darkside
Páginas: 237

Sinopse: Livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. Belo suspense, de tirar o fôlego!


Isso é uma coisa que vocês não verão aqui facilmente: resenhas minhas sobre livros de suspense/terror. Sou medrosa até pra livros e só tive coragem de seguir essa leitura porque me prendeu MUITO! Psicose é o livro que deu origem ao inquestionável sucesso dos cinemas, de Hithcock. A obra conta a história de Mary, noiva de Sam e irmã de Lila, que foge após roubar quarenta mil dólares que ela pretendia dar a seu noivo para saudar dividas e finalmente poder se casar. Mary foge sem dizer nada à sua irmã e acaba parando no motel de Norman Bates, um homem um tanto quanto esquisito que mora com sua mãe, também muito estranha. O livro gira em torno da fuga de Mary e das aventuras de Lila e Sam para achá-la. 


No meio da trama aparecem outros personagens que trazem mais suspense à história. É um livro que trata bem de como funciona a mente humana e de como um psicótico é capaz de fazer de tudo, acreditem, DE TUDO! Como eu disse antes, não é o gênero que eu gosto de ler, mas a narração é tão envolvente e a aparência do livro é atraente. 





"Todos nós somos um pouco loucos de vez em quando"





Não pretendo assistir o filme por medo, e é sério gente rs. Queria muito ver as cenas e entender melhor algumas partes, principalmente o final que é surpreendente -não vou falar sobre ele porque posso cometer spoiler. Mas leiam, leiam e leiam! Indico muito. 

     "Engraçado como acreditamos saber tudo sobre uma pessoa só porque a vemos frequentemente ou porque temos uma forte ligação emocional com ela"


Nenhum comentário:

Postar um comentário