sábado, 26 de abril de 2014

[Resenha] A escolha

Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Páginas: 303
Sinopse: Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

  A Escolha é mais um romance meloso do Sparks (e eu amo) que nos faz refletir sobre os verdadeiros valores da vida e, o quanto devemos valorizar quem temos ao nosso lado. 
   O livro conta a história de Travis, um veterinário que cresceu em Beaufort, e Gabby, uma assistente médica e que namora Kevin, um cara que ama Gabby mas não faz o mínimo esforço para manter seu relacionamento. O primeiro encontro de Travis e Gabby se dá quando ela descobre que sua cadela, Molly, está grávida e pensa que o responsável é Moby, o cachorro de Travis, e vai até a casa dele tirar satisfações. Já ali num primeiro instante eles já tem uma aproximação que os deixaria perturbados. Pouco depois ela descobre que não foi Moby que engravidou sua cadela, e também que Travis é o veterinário da cidade e salvaria Molly.
   Depois disso eles se aproximam enquanto Kevin viaja a trabalho. Travis acaba se apaixonando e convida Gabby para passear com ele e seus amigos, jantar, e passear de moto.  E ela, já sentindo mais do que uma simpatia por ele, aceita todos os convites.Sthephanie, irmã de Travis, é uma personagem relevante do livro e me identifiquei muito com o jeito dela (se tornou minha personagem preferida). Ao final desse tempo que passam juntos ela tem que escolher entre seu relacionamento de 4 anos e um cara que acabou de conhecer, mas que já a deixou completamente apaixonada. Bom, logicamente ela opta por aquilo que faz seu coração saltitar, e ai começa uma verdadeira história de amor. 
   O título do livro se encaixa perfeitamente em cada página, porque, como o leitor descobre ao decorrer do livro, Gabby não é a única que tem que escolher alguma coisa. Com o avançar das páginas descobrimos que depois de casados, Gabby e Travis estão passando por um momento muito delicado. Casados há 11 anos e com duas filhas, eles passam por um momento difícil e está nas mãos de Travis o destino dessa história. 
    É dividido em duas partes, a primeira conta como se conheceram e todas as aventuras juntos. A segunda conta o grande drama do livro. 
   Me surpreendi muito com o final, e acho que todo mundo que já leu também. Não se tornou meu livro preferido do Sparks, mas tem uma coisa única, uma mensagem especial. 



"- Eu não quero perdê-la, Gabby. Eu não consigo imaginar vê-la andando em direção ao seu carro pela manhã e fingir que nada que nada disse aconteceu. Não consigo imaginar não me sentar aqui no sofá, como não consigo me imaginar estar apaixonado por qualquer mulher."


Nenhum comentário:

Postar um comentário