quarta-feira, 14 de maio de 2014

[Resenha] A Culpa é das estrelas

Autor: John Green
Editora: Intríseca
Páginas: 283
Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


  ACEDE conta a história de Hazel e Augustus, ambos vítimas do câncer e que tem suas vidas laçadas pelo Grupo de Apoio. Hazel tem completa consciência de que não tem muito tempo de vida e fica incomodada pelo jeito que seus pais, principalmente a mãe, param suas vidas para se dedicar somente à ela. Depois que conhece Augustus sua vida muda e seu dias, que antes eram totalmente vazios, passam a conter grandes aventuras. 
  Hazel é apaixonada pelo livro Uma aflição imperial (que termina bem no meio de uma frase deixando Hazel doidinha) e compartilha isso com o Gus, que decide a todo custo que vai leva-la até o autor Peter Van Houten para que ele a conte o destino de cada personagem. Então eles embarcam para Amsterdã, onde passam incríveis três dias e passam por grandes aventuras. 
   

   Eu precisava reler essa coisinha linda o mais rápido possível, me deu uma vontade enorme de ''ver'' novamente o amor mais lindo do mundo (sim, eles são meu casal preferido) e sentir todas as sensações do mundo também. É um livro que mexe muito comigo e não vejo a hora de assistir ao filme. 



Acho que todo mundo que já leu se surpreendeu com o final e claro, chorou muito. É um livro lindo, cheio de sentimento e carregado de emoção. É uma obra que eu indico a compra, a leitura, o amor. 


"Estou apaixonado por você e não quero me negar o simples prazer de compartilhar algo verdadeiro. Estou apaixonado por você, e sei que o amor é apenas um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável, e que estamos todos condenados ao fim, e que haverá um dia em que tudo o que fizemos voltará ao pó, e sei que o sol vai engolir a única Terra que podemos chamar de nossa, e eu estou apaixonado por você.”
   

Um comentário:

  1. Awn esse foi o primeiro livro que li <3, e o livro que me inspirou a ler todos que já li hoje. Eterno John Green <3

    ResponderExcluir