sexta-feira, 8 de agosto de 2014

[Resenha] Incendeia-me

Autora: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Páginas: 383

ATENÇÃO: a sinopse e a resenha a seguir se trata do 3º livro da trilogia, por tanto pode conter spoilers de Estilhaça-me e Liberta-me

Sinopse: UM DIA EU POSSO ROMPER UM DIA EU POSSO R O M P E R E ME LIBERTAR NADA MAIS VAI SER IGUAL O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho d' O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.


"Não tenho mais medo do medo, e não vou deixá-lo mandar em mim.
O medo vai aprender a me temer." página 100

Juliette ainda tem seus medos, ainda tem medo do seu poder, mas não pode continuar assim. Seus amigos, as únicas pessoas que se importaram com ela, Adam, Kenji, e tantos outros podem estar mortas e o Ponto Ômega pode estar destruído. Ela precisa lutar contra O Restabelecimento, precisa parar de ter medo.

Mas, ela não pode lutar sozinha. Ela é apenas uma garota de 17 anos que tem medo de sua própria sombra. O que ela não podia imaginar é que contaria com a ajuda de uma pessoa que ela só queria ver morta (ou não) Warner.

Mas será que tudo que ela conhece sobre Warner e até mesmo Adam é verdade? Ou tem mais coisas além do que ela já sabe?

"Sou Juliette Ferrars e vou liderar esta nação."

Incendeia-me entra pra lista dos melhores livros que li até agora, e sem duvidas vai estar entre meus melhores do ano.

A história ultrapassou minhas expectativas. Eu esperava a Juliette melancólica, cheia de dramas do 1º e 2º livro, mas em Incendeia-me...

Não vou dizer muito da história, não quero cometer spoler, e se eu cometer me perdoem, é difícil falar de uma continuação.

Como Juliette, os outros personagem evoluíram muito. Warner se tornou um dos meus preferidos, apesar de odiá-lo em vários capítulos. Adam evoluiu bastante também, me surpreendendo em algumas partes, Kenji eu nem preciso dizer muito, amei ele desde de quando ele apareceu pela primeira vez em Estilhaça-me.

Incendeia-me é intenso, divertido, tem ação, conflitos... Um dos melhores livros distópicos que já li. Recomendo muito a trilogia Estilhaça-me. Todos os 3 livros são muito bons. Super recomendo e, não tem como dar outra nota.

Nota: 10/10

E para fechar, só um spolerzinho do que vem por ai... Terror \o/\o/

2 comentários:

  1. Eu confesso que tenho certa curiosidade sobre a série, principalmente porque vejo mitos elogios sobre ela por aí. Porém, ainda não sei se a lera. Estou com tantas séries por terminar que mais uma só serviria para me enrolar mais ainda. rs

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto

    ResponderExcluir
  2. Eu recomendo, é realmente muito bom. Só o segundo livro que é meio cansativo pq é muito grande, mas da pra ler numa boa. Esse ultimo livro é o melhor da série, é quando tem uma evolução dos personagens. Tira um tempo pra ler, são só 3 livros, ai acaba rapidinho. rs

    ResponderExcluir