terça-feira, 16 de dezembro de 2014

[Resenha] Todo dia

Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 277
Sinopse: Toda manhã, A acorda em um corpo diferente, em uma vida diferente. Não há qualquer aviso sobre quem será ou onde estará em seguida. De menina a menino, rebelde a certinho, tímido a popular, saudável a doente; A precisa se adaptar. Ja se acostumou com isso e até criou algumas regras para si. Primeira: nunca se apegar; segunda: jamais interferir. E tudo corre bem… até que A desperta no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, as regras pelas quais tem vivido não fazem mais sentido. Porque, finalmente, A encontrou alguém com quem quer ficar, dia após dia, todo dia. Mas como esperar que uma pessoa que sempre viveu uma vida normal possa entender a realidade de A? Ou até mesmo acreditar nela? Enquanto lutam para se reencontrar a cada 24 horas, ambos precisam enfrentar seus próprios demônios, superar suas limitações e redefinir suas prioridades. Rhiannon conseguirá ficar com alguém que muda a cada dia? E até onde A acha justo (ou ético) interferir nas vidas de quem habita? Mas, principalmente, o amor pode mesmo vencer qualquer barreira? 

       Todo dia nos traz a história de A, um ser humano que a cada dia habita um corpo diferente e tem que viver a vida de determinada pessoa durante 24 horas. A única condição para A habitar um corpo é que a pessoa tenha 16 anos. Não importa se é homem, mulher, rico, pobre, gordo, magro, alto, baixo, gay, deficiente... todos os dias ele acorda como uma pessoa diferente e tem que lidar com os problemas, família, relacionamentos, enfim, viver a vida daquele ser. O ponto alto do livro é o amor que A começa a sentir por Rhiannon, quando habita o corpo do namorado dela, Justin.
      Por já ter habitado tantos corpos e estar cada dia em uma mente, A observa todos os lados das histórias, não tem preconceitos e procura viver o dia sem prejudicar o dono do corpo.


       Quem me emprestou esse livro foi a Lana, (aliás, emprestou não. Ela abriu o guarda roupa, pegou o livro, quase jogou na minha cara e disse ''VOCÊ VAI LER''. Ok amiga, você é muito carinhosa) e valeu demais ter parado o livro que eu estava lendo para embarcar na história de A. 
      É um livro com uma história bem diferente, mas carregado de lições e ''tapas na cara'' que às vezes precisamos levar. 


"Apaixonar-se por alguém não significa que você saiba como a pessoa se sente. Significa apenas que você sabe como você se sente." 

   
       
     A única coisa que me deixou um pouco intrigada é que em certo ponto parece que A vai desvendar o mistério por traz da sua ''vida'', mas isso é cortado logo em seguida :( 

    A linguagem é simples e a história é envolvente. Você termina um capítulo e quer saber qual o próximo corpo em que A estará. Li com dois dias (inclusive não lembro de nada que meus professores explicaram em aula nesse tempo, beijos Relações Humanas, Segurança do Trabalho e Comunicação hahaha)

     É uma história que TODO MUNDO deveria ler. 
     Vale a indicação e vale a leitura!

    
"Queria que o amor conquistasse tudo. Mas o amor não conquista tudo. Ele não pode fazer nada sozinho. Ele depende de nós para conquistar em seu nome.

6 comentários:

  1. É tão bom visitar blogs que fazem a resenha desse livro ^^
    Ele tem que ser lido por todos mesmo, é maravilhoso! Entrou para os meus favoritos, David arrasou com ele <3
    Beijos e sucesso para o blog!
    Choque Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza,
      Todo mundo deve ler e aprender com as lições que ele nos passa. Livro maravilhoso!
      Beijos

      Excluir
  2. Oiiiiiiiiii, esse livro é meu favorito do David Levithan s2 Gostei muito da história e ela me marcou profundamente, pena que não ficamos sabendo seu desfecho =/
    Gostei muito da resenha, um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniel,
      Esse livro me ensinou muita coisa, e eu espero que todos tirem boas lições dele. David arrasou!
      Beijos

      Excluir
  3. Eu já li todo dia e super concordo com você! O livro é maravilhoso, mas do que contar a historia de A, o David nos leva a refletir sobre muitas coisas DS vida! Bjos
    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joanderson,
      Acho que o mais bonito da história são as lições que ele nos traz.O David soube tocar profundamente em cada ponto e nos levar a refletir sobre as coisas mais importantes.
      Beijos

      Excluir