quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Entrevista


Oi gente, tudo bem com vocês?
Vamos conferir a Entrevista 14, que foi feita com a Lais Fagundes, do Draladoteca

1-Como surgiu seu blog?
Antes de parar no Draladoteca, eu tive uns mil blogs que não tinha nenhum assunto certo. Porém, o último que tive antes do atual, foi um de teorias de uma série que eu amava, só que ele passou um ano desativado e, quando eu voltei, eu queria muito continuar com um blog, mas eu desisti das teorias porque criar uma é muito fácil, mas desenvolver e escrever de um modo que faca sentido para as pessoas é outra história. Daí eu criei um novo, com um layout novo, tudo bonitinho, mas... eu só criei mesmo, não tinha nem nome fixo, nem posts. À medida em que eu fui procurando outros blogs, descobri os literários e acabei me encaixando nesse nicho. Eu decidi que era aquilo o que eu queria fazer, porque falar da coisas que eu mais amo fazer pareceu certo.

2-Quando começou sua paixão por livros? 
Basicamente, desde que eu comecei a ler. Logo que eu aprendi, amigos muito próximos da minha mãe me davam HQ‘s da Turma da Mônica e do Sesinho. E todo mês, eu ganhava revistas novas. Com o tempo, as páginas do HQ se tornaram muito poucas para o meu gosto e eu fui lendo livro normais, infantis, com mais páginas, até que esses livros também tinham poucas páginas e hoje, eu me encontro lendo um livro de 400 páginas e ansiando por As Crônicas do Gelo e do Fogo. Mas o meu amor cresceu gradualmente e se eu passar muito tempo sem ler, sinto que está faltando alguma coisa.

3-Qual o seu tipo de livro preferido?
Os infantis e os de fantasia. Esses livros (qualquer um, infantil mesmo - ainda me pego comprando HQ’s.) me ajudam muito a desestressar.

4-Qual foi o melhor livro que você já leu?
Muito díficil dizer. Mas se for para escolher só um, eu escolho A Menina Que Navegou ao Reino Encantado, cujo personagem deu nome ao meu blog.

5-Tem um “ritual” para começar a ler um novo livro?

Sim. Primeiro, ele tem que ficar na estante por, pelo menos, um dia. Depois, eu observo a capa, a quarta capa e derivados. Depois, eu como alguma coisa (porque eu nunca como enquanto estou lendo, vai que derrama alguma coisa nas páginas!). Arrumo um lugar legal, leio os agradecimentos e só depois, começo a ler o livro. Se não for assim, não parece certo, mas... claro que isso não se aplica aos livros lidos no Kindle. Não tenho nenhum ritual para e-books.

6-Tem um escritor preferido?
Erin Moulton. Ela escreve livros infantis (mas seus livros sempre fazem uma crítica aos comportamentos das pessoas) e é publicada no Brasil pela Novo Conceito.

7-Já se arrependeu de ler algum livro?
Só um. Mas não acho ético falar qual. E isso se deve ao fato de que eu li sobre pressão e esperava demais de algo que era só mais uma coisa com a qual eu já estava acostumada. Se querem uma dica, não leiam livros só porque todo mundo está dizendo para vocês lerem.

8-Qual sua série favorita? 

Atualmente, é Once Upon a Time. 

9-Indique um blog

Brincando de Escritora da Izabela Lopes.

10-Indique um livro

A Jornada ou Minha Vez de Brilhar. Ou os dois. Todo mundo precisa ler um desses antes de morrer.


E aí, curtiram as respostas da Lais? Não deixem de conferir o blog dela. 
Um beijo e até a próxima!

6 comentários:

  1. Que legal! Uma ótima ideia para conhecer outros blogs :) Beijos!

    http://aosolhosdequemlee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo pra conhecer outros blogueiros né?
      Volte sempre
      Beijos

      Excluir
  2. Olá, que legal.
    Fazemos entrevista com blogueiros e leitores compulsivos la no blog também, o bom é que conhecemos novos gostos e novas idéias.
    Abraços.

    literanoni.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coluna é ótima pra conhecermos novos blogueiros, livros e etc.
      Beijos, volte sempre

      Excluir
  3. Oie,
    tb adoro Once rs
    Acho que quase todos nós blogueiros somos viciados compulsivos em literatura rsrsr

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa,
      Também acho, quase impossível não ser rsrs
      Beijos

      Excluir