sexta-feira, 27 de maio de 2016

[Resenha] Escuridão Total Sem Estrelas


Autor: Stephen King
Páginas: 390
Editora: Suma de Letras

Sinopse: 1922 (1922, 2010): Wilfred James e Arlette James são donos de 100 acres em Hemingford Home. Enquanto sua irritante esposa quer vender sua parte para uma companhia, Wilfred quer manter suas terras. A cada dia que passa, Wilfred percebe que só há uma solução para o problema. Envenenando a mente de seu filho, Henry, os dois acabam por assassinar Arlette. A história é uma narração/confissão de Wilfred sobre como ocorreu o assassinato, e a série de terríveis eventos que foi desencadeada por causa do crime.

Gigante do Volante (Big Driver, 2010): Tess, uma escritora de suspense leve, vem suplementando sua renda por anos, servindo como oradora em alguns eventos. Em um compromisso de última hora, Tess vai fazer uma palestra na cidade de Chicopee. No caminho de volta para casa, ao pegar um atalho, um evento horrível mudará sua vida para sempre; após isso, Tess descobrirá um lado negro em si mesma que nunca imaginou possuir, e não descansará enquanto não obtiver a coisa que mais deseja: vingança.

Extensão Justa (Fair Extension, 2010): Dave Streeter está sofrendo com câncer e para aliviar a angústia resolve passear. Durante o passeio, ele conhece um homem misterioso que lhe oferece um “prolongamento de vida” de duas décadas. Porém, como é regra universal do mundo dos negócios, tudo tem um preço. Irá Streeter ceder à sedutora ideia de viver mais, em troca de prejudicar seriamente uma pessoa realmente próxima a ele?

Um Bom Casamento (A Good Marriage, 2010): Darcy Anderson, casada há 27 anos, aprende mais sobre o seu marido do que gostaria quando literalmente tropeça em uma caixa misteriosa sob uma mesa na garagem. Isto é apenas a ponta do iceberg, pois as descobertas que ela fará poderão colocar não só seu casamento e família em xeque, como também sua própria vida.

"Na minha cabeça, eu o jogava para fora da varanda e pulava em sua barriga redonda quando ele tentava se levantar. Então eu pegava minha foice de mão no celeiro e a enfiava em um de seus olhos."

"Escuridão total sem estrelas" trás quatro contos de terror, suspense e mistério.

O primeiro conto, chamado "1922" trás a confissão de Wilfred James sobre um crime cometido por ele com a ajuda de seu filho Henry, que foi coagido pelo seu pai. Os dois assassinaram Arlette James, mulher de Wilfred e mãe de Henry, pois ela queria vender os seus 100 acres e mudar para a cidade, abandonando de vez a vida no campo. Após o assassinato, vários eventos sobrenaturais começaram a acontecer e Henry começou a desenvolver um comportamento estranho. 

O segundo, chamado "Gigante do Volante" trás o drama sofrido pela escritora Tess, que ao pegar um atalho para voltar para casa depois de dar uma palestra sobre seus livros, foi estrupada, agredida e quase morta. Felizmente, ela conseguiu sobreviver, mas esse trauma ficará para sempre gravado em sua mente e ela vai até o fim para se vingar, deixando de lado a Tess frágil e medrosa.

O terceiro, chamado "Extensão Justa" conta a história de Dave Streeter que está com câncer já em um estado avançado e não tem muito tempo de vida. Um dia, passando por um estrada deserta, ele encontra um homem que lhe faz um proposta tentadora, uma "extensão de vida", mas para que certo, ele terá que passar esse mal para outra pessoa e sua vida terá um reviravolta.

O quarto e último conto, chamado "Um Bom Casamento", trás a história de Darcy Anderson, casada a muito tempo com Bob Anderson. Com tanto tempo de casamento é claro que ela conhece tudo sobre a vida de seu marido, não é mesmo? Bom, ela achava que sim, até tropeçar em um caixa de seu marido na garagem. Ela descobrirá um grande segredo de Bob e isso pode colocar a sua vida em risco. Darcy terá que decidir o que fazer e essa decisão pode deixar sua mente muito sombria.

"Ele matou outras! Elas estão no cano! Os insetos estão rastejando pelos corpos, e elas não ligam!"

Stephen King trouce a "escuridão" para esses quatro contos. São fatos chocantes, que trás a reação de pessoas diante de conflitos, dramas e descobertas.

Os contos mostram ao leitor a vingança de quatro formas diferentes e o mais interessante foi a inspiração do autor para essas histórias, ele conta isso no pósfacio e eu não vou contar a vocês, porque eu posso acabar dando algum spoiler.

Eu confesso que fiquei com receio de ler o livro por se tratar de contos. Eu tenho uma certa antipatia por contos, porque na maioria das vezes fico frustada com o desfecho, não por ser ruim e sim por não ter mais história, o que não foi diferente em Escuridão Total. Todos os contos, exceto "1922" tiveram um final frustante, justamente por não contar o que poderia acontecer mais pra frente.

Todos os desfechos me deixaram querendo mais, mas eu não tenho nada a reclamar das histórias, porque elas são incríveis e faz jus ao nome do livro. São contos sombrios, dramáticos e misteriosos, afinal, é Stephen King, então eu não esperava menos que isso.

"E se você acha que vou aparecer daqui a duas décadas para coletar sua alma no meu velho caderninho mofado, está enganado. A alma dos humanos se tornou pobre e transparente."

Super recomendo para os fãs do King, para quem gosta de terror, suspense, drama e mistério. É uma leitura bem gostosa de se fazer.
Nota: 5/5 



11 comentários:

  1. Ooi, Nay! Tudo bem? Faz um bom tempo que não venho por aqui, e peço desculpas :/ Mas, espero visitr seu blog mais vezes!
    Então, eu tenho curiosidade em ler algo do SK, mas não sei se esse livro de contos seria uma boa. Não que eu não goste de contos, eu amo. Mas, o fato de ser assustador e bizarro me deixa com um pé atrás. Vejo resenhas de outros livros mais leves, então esse não está na prioridade ;)
    Gostei da resenha! Os quotes são bem bizarros mesmo, né?!
    Beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ruh, muito bom ver você por aqui.
      Eu não considero esse livro um dos mais pesados dele, pelo contrário, até achei mais leve. Mas já que você tem medo, eu te indico Carrie, a estranha.
      As quotes são mesmo, hahaha.
      Beijos

      Excluir
  2. A anos que esse livro estar na minha lista,espero que ele saia da minha lista depois dessa sua resenha haha,adorei o blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno. Leia sim, é ótimo, você vai gostar. Obrigada

      Excluir
  3. Oi, Nay!!
    Não sabia que esse livro era dividido em contos. Não leio SK. Morro de medo de livros de terror, triller, suspense...
    Pelos quotes, dá para ter uma ideia da "leveza" desse livro. Só que não, né? Mas como vc avaliuou bem, sei que ele é bom. E SK é um King mesmo, kkkkkkkk
    Beijoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que nem eu sabia? Eu ganhei esse livro do meu namorado e depois que vi que era contos fiquei até meio receosa, mas acabei amando.
      Dê uma chance ao King hahaha
      Beijos

      Excluir
  4. Oi!
    Eu estou lendo um livro gigante do King tem quase 2 anos já! A escrita dele é boa, mas me incomoda em alguns aspectos e me deixa bem desanimado, 2 anos né? hahah'
    Eu também tenho um certo medo com coisas de terror, por isso prefiro evitar, mas é eu fico com tanta vontade de ler os livros dele que acabo cedendo, a sinopse me chama muito a atenção!
    Ótimo post! =D
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vitor!
      Talvez você tenha escolhido o livro errado para ler dele haha. Depois me conta o que incomoda você na escrita dele, fiquei curiosa hahaha.
      Leia esse, talvez você goste, porque a leitura é mais rápida por se tratar de contos.
      Obrigada pela visita.
      Abraços!

      Excluir
  5. Oi Nayara, eu nunca tinha lido nada do King, então precisava resolver esse problema, comprei It e estou amando, vou anotar sua dica para a próxima compra de livros.

    Blog Relíquias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline.
      King é ótimooo.
      Leia esse, você vai gostar.
      Beijos

      Excluir
  6. amo stephen esse livro já está nos meus desejados <3

    ResponderExcluir