sexta-feira, 15 de julho de 2016

[Resenha] Jogos Vorazes


Autora: Suzanne Collins
Páginas: 397
Editora: Rocco

Sinopse: Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

"-Bem, há uma garota. Sou apaixonado por ela desde sempre. Mas tenho certeza de que ela não sabia que eu existia até a colheita."

Panem é uma nação criada depois da devastação da América do Norte. Ela foi dividida em 12 distritos, onde cada um possui suas características e são administrados pela Capital. Os Jogos Vorazes é um reality fundado para fazer com que os cidadãos de Panem se lembre que a rebelião nunca deve ser uma opção contra a Capital.

As regras do jogos são bem simples: mate ou morra! O último sobrevivente é o vencedor e terá uma vida privilegiada. Um garoto e uma garota de cada distrito é escolhido e terão que lutar se quiserem viver.

Katniss Everdeen é moradora do Distrito 12, um dos mais pobres de Panem. Ela se dedica a família e garante que sua mãe e sua irmã não passem fome, como aconteceu quando seu pai se foi. Katniss ama sua irmã, Primrose, e faria qualquer coisa por ela.

Colheita é quando ocorre a seleção dos participantes dos jogos e o nome de Prim estará lá pela primeira vez, um único papelzinho com seu nome, no meio de tantos outros, seria impossível seu nome sair logo na primeira vez. Pelo menos era oque Katniss achava. Prim foi selecionada, mas Kat nunca deixaria sua irmã ir para o violento Jogos Vorazes, então ela se oferece como tributo no lugar dela.

O garoto que representará o Distrito 12, junto com Katniss, é Peeta Mellark. Eles enfrentarão muitos perigos e desafios, tanto no Jogos, quanto com eles mesmos, pois os sentimentos podem ficar um pouco a flor da pele nesta batalha para sobreviver.

"Que a septuagésima quarta edição dos Jogos Vorazes comece."

Acho que eu não preciso nem dizer que amei a história. Já gostava muito de todos os filmes e depois de ler o livro... nossa, agora realmente me tornei muito mais fã.

Eu já disse várias vezes aqui no blog que um dos gêneros que eu mais gosto é distopia e, com certeza, Jogos Vorazes é a melhor história distópica que li até hoje. A autora trouxe detalhes as cenas que me deixaram sem folego em muitas páginas.

O que mais me agradou foi que o livro tem poucos momentos "lentos" e muita ação, o que faz com que leiamos sem nem parar para respirar. Eu admito que demorei para terminar a leitura, eu cheguei a ficar uma semana sem pegar no livro, porque final de semestre na faculdade é muita correria e não tive tempo, mas quando eu parava para ler, lia muitos capítulos de uma vez.

Eu não tenho muito o que falar sobre a história, pois acredito que a grande maioria dos leitores conhecem Jogos Vorazes e poucos são os que não gostam. Então, o que eu quero compartilhar com vocês é a grande inteligência da autora, porque é uma história incrível e isso é indiscutível, por mais que tenha pessoas que não gostem.

"E nesse exato momento, a parte mais perigosa dos Jogos Vorazes está para começar."

Essa nota é mais do que merecida e recomendo a todos que ainda não leram o livro. Leiam, é maravilhoso.
Nota: 5/5

Um comentário:

  1. Oi Nayara, Esse foi um livro que eu li depois de ver o filme. E por ser uma das mais fiéis adaptações cinematográfica a leitura ficou previsível, eu amo esse livro, mas acho que entre a trilogia o segundo (Em chamas) é meu favorito!

    Beijos

    ResponderExcluir