quarta-feira, 26 de julho de 2017

[Mudando de Assunto] Ghost - Meliora

Saudações literárias, queridos Travellers! Tudo bem com vocês? Espero que sim, pois hoje trago um post incrivelmente musical e diabólico. Vamos falar do último álbum de estúdio da banca de heavy metal sueca, Ghost. Bora conferir o post e aumentar o som no último volume?

Meliora (do Latim "melhor") é o terceiro álbum da banda Ghost, lançado em 21 de Agosto de 2015 com dois singles "Cirice" e "From the Pinnacle to the Pit" (baita som!). Vale lembrar que esse álbum conta com o novo vocalista, o Papa Emeritus III e uma nova roupagem para os outros integrantes, intitulados de Nameless Ghoul.


Confesso que "Meliora" trouxe um som mais limpo e vintage para banda Ghost, com o novo vocalista entoando letras mais melódicas e com pitadas de pop , outro destaque é o uso dos teclados, deixando um som com cara de anos 70. Ah! Lembrando que o Ghost ganhou o Grammy Grammy Award com o single "Cirice", na categoria "Melhor Performance de Metal".


Quem ficou curioso, super indico esse álbum, ainda mais para os amantes do bom e velho rock. Mas para aqueles que buscam um som diferente e mais diabólico, também indico. Ah! Ouça as músicas de mente aberta, nada de ficar paranoico pensando que ouvindo essas músicas vai acabar invocando o Demo.

Não esqueçam de comentar, curtir e compartilhar com o pessoal.




terça-feira, 25 de julho de 2017

Sou mais um

Olá Leitores, sou o mais novo guia pessoal que levara vocês a conhecerem o mundo da Arte, música e claro CINEMA!!

Meu nome é Rodolfo e tenho 28 anos e sou muito ligado a Arte do cinema. Passarei para vocês todo um campo de modelo de estreias de filmes, astros, diretores, curiosidades e muito mais. Conto com vocês para acompanharem minhas postagens sobre o mundo por de trás das câmeras. Um mundo fantástico que você conhecera lendo sobre meus assuntos. Ação, terror, Cults, comédia e etc... terão toda a espécie de conhecimento e claro iremos focar muito nesta área tão linda que é o mundo do CINEMA.



Estão prontos para tal atuação? Então luz, som, câmera e AÇÃO!!


segunda-feira, 24 de julho de 2017

[Resenha] Os Feiticeiros


Autora: Thaylane R. Ramos
Páginas: 295
Editora: Independente

Sinopse: Mudar o destino daquelas crianças era o mais correto a se fazer, certo? Não era justo que eles pagassem pelos erros de seus pais. Mas ter que decidir o destino de quatro pessoas que ainda nem sabiam se defender não era uma das tarefas mais fáceis. Thomas sabia das consequências, mas os amava demais para não arriscar. 

Anos depois, uma vida, amigos, família e crenças, tudo se desmoronava. Então a vida deles não tinha passado de uma grande mentira? Ellen, Alma, Jason e Rodrigo veem suas vidas mudarem drasticamente de um dia para outro, de agora em diante ninguém mais era confiável. Todo o esforço de alguém do passado parecia não ter valido a pena... Tinham sido descobertos. 

O primeiro livro da Série Entre Mundos leva o leitor a uma história intrigante, cheia de mistério, romance e traição, onde os deuses da Grécia Antiga ganham destaque numa batalha intensa contra os feiticeiros mais poderosos do mundo. O que você faria se descobrisse que a pessoa que acreditasse ser não existisse? 


Ellen, Alma, Jason e Rodrigo, são amigos inseparáveis e que estão se formando na escola. Suas vidas são completamente normais... até o dia do baile de formatura.

Ellen e Alma decidem conversar com uma cartomante que era uma das atrações do baile de formatura. A cigana revelou coisas sobre a vida das garotas, que as deixaram intrigadas. Ela disse que sabia sobre a vida delas e que estava lá encarregada de entregá-las um envelope.


Até então, tudo bem. Uma estranha que sabia detalhes de suas vidas e um envelope que ainda não sabiam sobre o conteúdo. Mas ao voltarem para casa que tudo mudou para os quatro amigos.

Ellen, Alma, Jason e Rodrigo sofreram um acidente de carro e ao acordarem no dia seguinte, não se lembravam de nada e eram estranhos um para o outro. Mas a ligação entre os amigos era muito mais forte e eles estavam confusos. Aparentemente eles tiveram o mesmo "sonho" e passaram pelas mesmas situações, porém ainda não entendiam como tudo aquilo tinha acontecido. Ninguém, entre os seus familiares, estava disposto a ajudá-los a entender o que estava acontecendo entre eles, até conhecerem um senhor na rua.

Ele prometeu que daria todas as explicações aos amigos e afirmava ser um bruxo e eles também. Mas para aprender tudo sobre a magia e sobre suas vidas, eles teriam que ir até um endereço que estava na carta que receberam, a Magic's House.

Chegando lá, os jovens começaram a entender melhor sobre o que estava acontecendo e descobriram que portavam poderes extraordinários e que tudo que para eles eram um mito, na verdade existia. Magia, deuses, o Olimpo. E para piorar, feiticeiros e deuses não se davam muito bem e que uma guerra estava preste a acontecer entre eles.


Os Feiticeiros é o primeiro livro da série Entre Mundos, da autora Thaylane R. Ramos, parceira aqui do blog. Posso dizer que eu estava extremamente animada para fazer essa leitura, porque eu amo fantasia, ainda mais quando envolvem Deuses do Olimpo. Minhas expectativas estavam nas alturas e a autora não me decepcionou.

Quando os jovens foram a Magic's House, eu imaginei que fosse ler algo parecido com Harry Potter, mas é totalmente diferente, apesar de ter alguns elementos que nos fazem lembrar a história da J.K e outros que se parecem com o da história do Percy Jackson.

Em Os Feiticeiros, temos muitos mistérios, magia, intrigas, traições, reviravoltas e um romance que te faz ficar totalmente apaixonada, como os personagens.

Esses por sinal, são fascinantes. Os quatro amigos são bem legais e eu ri muito do Rodrigo, o personagem que eu mais gostei, apesar de querer bater nele as vezes. Os quatro são feiticeiros muito fortes e eu ficava impressionada com as descrições das cenas quando eles estavam em ação, tanto nos treinamentos, quanto nos momentos de batalha.

O final é intrigante e eu esperava uma coisa totalmente diferente, mas foi muito melhor, porque me deixou super curiosa com a continuação, que espero trazer em breve para vocês!


A leitura flui com muita rapidez e eu terminei de ler sem nem perceber. É uma história simples de ser entendida e que pode agradar a todos os públicos e está mais do que recomendada, por isso a minha nota não seria diferente:
Agora me digam: o que acharam da história? Já conheciam a autora e sua obra? Comentem comigo, vou amar saber a opinião de vocês!

Beijos! 

sábado, 22 de julho de 2017

[Mudando de Assunto] Dexter


Título Original: Dexter

Direção: James Manos Jr. 

Duração: 52 minutos

Lançamento: 1 de Outubro de 2006 até 22 de Setembro de 2013

Elenco: Michael C. Hall, Julie Benz, Jennifer Carpenter e Erik King

Temporadas: 8

Episódio: 96

Gênero: Drama criminal, mistério e suspense

Origem: Estados Unidos

Dexter Morgan (Michael C. Hall) é adotado aos três anos de idade por Harry Morgan (James Remar) e Doris (Kathrin Middleton), depois de ter se tornado órfão. Após detectar sua tendência homicida, o pai de Dexter decide ensinar a ele um código no intuito de canalizar a raiva do filho para situações mais propícias à violência. Nesta nova lógica, Dexter deve matar apenas assassinos de pessoas inocentes com a condição de provar sua culpa. Ele inicia o desenvolvimento de diversas estratégias usando seu conhecimento e a experiência para realizar sua nova função.


Estou naquela ressaca de série quando terminei o último episódio de Dexter, mais uma série concluída com êxito e deixando aquela saudade. Infelizmente acabou agora é partir para outra série, mas sem antes deixar minha crítica. 

O personagem central dessa série é Dexter Morgan, um assassino em série que mata outros assassinos e criminosos, só que Morgan tem uma vida pacata e tranquila, seu trabalho consiste em ser um analista forense especialista em padrões de dispersão de sangue, no departamento de polícia do Condado de Miama-Dade.


Dexter é uma espécie de justiceiro, de um jeito frio e meticuloso ele busca fazer sua própria forma e maneira de fazer justiça com suas próprias mãos, já que na maioria das vezes, esses criminosos conseguem se livrar impunes, é aí que Morgan entra em ação. 

Essa é uma das séries com o passar dos episódios, vai ficando mais intenso, angustiante e vemos os reais motivos e causas de Dexter ter se tornado um psicopata. 

Morgan ficou órfão aos três anos de idade, esse trauma na infância foi o principal fator dele ser o que é, adotado pelo casal Harry Morgan e Doris. Seu pai adotivo começa notar os traços de psicopata em Dexter, e nesse momento que Harry passa ensinar e auxiliar usando o “Código de Harry”, uma forma de Dexter canalizar seus instintos e usar contra pessoas que “merecerem”.


Sem sombra de dúvidas, essa série está na minha lista de favoritos, uma produção impecável que nos deixa envolvidos, será que Dexter está certo em fazer sua própria justiça?

O diferencial dessa série, é que os personagens secundários fazem uma grande cadeia de acontecimentos em torno da vida de Dexter. Se vale à pena assistir? Com toda certeza!


sexta-feira, 14 de julho de 2017

[Mudando de Assunto] Colecionando Canetas

Saudações literárias, queridos Travellers tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje trago um post diferente, inusitado e curioso. Hoje quero falar um pouco do meu vício em colecionar canetas, SIM! Adoro comprar, usar e testar canetas. Mesmo com toda essa tecnologia, amo escrever usando a boa e velha caneta e papel.



Você deve imaginar que existem milhares de marcas, milhares de cores e milhares de tipos de canetas, só digo SIM! É uma infinidade de canetas, cores e marcar, vou me atentar somente com uma, nossa amada e querida canetas BIC (Eles não estão patrocinando, caso queiram. Só mandar em canetas, pode ser?). 

Vamos por partes, conhecer um pouco da história das canetas BIC. Que tal? 

Na França, em 1945, Marcel Bich, que fora gerente de produção para um fabricante de tintas francês, comprou, com seu sócio Edouard Buffard, uma fábrica fora de Paris e instalou uma empresa para fazer peças para canetas-tinteiro e lapiseiras.


À medida que o negócio de peças para instrumentos de escrita começou a crescer, o desenvolvimento da esferográfica avançava, tanto na Europa como nos Estados Unidos, e Marcel Bich viu o enorme potencial desse novo instrumento de escrita.

Depois de obter os direitos das patentes para uma esferográfica criada pelo inventor húngaro e naturalizado argentino László Bíró (1899–1985), Marcel Bich lançou sua própria esferográfica em 27 de dezembro de 1950. Promovendo o produto como uma caneta confiável a preço acessível, chamou-a "BIC", uma versão mais curta e fácil de lembrar de seu próprio nome. Tinha nascido a BIC® CRISTAL®.

Ele alimentou o lançamento com publicidade efetiva e as vendas ultrapassaram suas próprias expectativas.

A empresa então expandiu seu leque de produtos e começou a entrar em mercados estrangeiros criando subsidiárias, adquirindo o controle de companhias estrangeiras ou através de agentes. Desde 1950 as esferográficas BIC revolucionaram os hábitos de escrita de milhões de consumidores em todo o mundo, que continuam a valorizá-las por sua qualidade e preço acessível.

Legal, né? Tirei do bom e velho Wikipedia, mas fiquem tranquilos! Chequei todas informações. Vamos para segunda parte? Vou explicar minha paixão por canetas. 

Então, sempre gostei de escrever, desenhar, rabiscar e pintar o sete. Inclusive, quando era criança rabisquei toda parede do meu quarto. Legal, né? Minha mãe ficou maluca quando fiz isso.

Aos poucos estou comprando e colecionando canetas, de começo estou optando pelas clássicas canetas Bic, todo mundo usa e todo mundo tem! Ah! Sabe que achei na internet? Uma teoria da conspiração dizendo que as canetas Bic são uma sonda alienígena que fica nos vigiando e controlando nossas mentes. Que viagem! Se for assim, já estou com minha mente controlada faz muitos anos. 

Meus sonhos de consumo são aquelas canetas tinteiros, mas o preço é de matar, não tenho condições financeiras para comprar esse tipo de modelo de canetas, espero ganhar na loteria pra poder compra-las. 

Por hoje é só pessoal, espero que vocês gostem do post e não esqueçam de comentar e compartilhar. Ah! Espero que o pessoal da Bic veja esse post e curta, aceito parceria de canetas, hein! Fica aquela indireta básica. 



terça-feira, 11 de julho de 2017

[Resenha] A Invasão de Tanagor



Autor: Raphael Albuquerque
Páginas: 220

Sinopse: Desde o início houve várias lutas pelo poder, por objetos de riquezas ou pela simples vaidade humana ou de deuses. Em Tanagor, isto não foi diferente. Assim como o holocausto promovera almas ferozes e sedentas pela morte, este caprichoso mundo não ficou impune às diferentes batalhas que já foram travadas na Terra. Nesta realidade invisível e tão próxima, difere dos honrados aos sem escrúpulos. Perpetuado por magias, criaturas poderosas, guerreiros destemidos, armas fascinantes e segredos perigosos, uma guerra se aproxima, levando personagens fantásticos a descobrirem sua coragem e seus medos. Ninguém sairá ileso, nem mesmo àqueles que adentram neste universo como personagens coadjuvantes: leitores. Onde gigantes voam, pedras e árvores tomam forma, e as florestas escondem mistérios. Isto é: A Invasão de Tanagor.


Tanagor é um mundo criado pelo deus, Hanoai. É uma terra perfeita, pensada pelo deus e criada por suas próprias mãos. Um lugar liberto de qualquer mal e protegida pelo Deus Sol, Thaonai, filho de Hanoai e Asini.

Thaonai é um homem justo e bom, amado por seu povo, vigia o mundo no seu Trono de Fogo, onde deve ficar durante todo o dia, caso contrário o mundo entraria em uma terrível escuridão, deixando-o mais suscetível a entrada do mal.

O Deus Sol, Herdou do seu pai o dom de criar. A vida e o povo em Tanagor, só evoluía. Com o tempo, o jovem se apaixonou, se casou e foi morar em uma ilha flutuante, o Palácio da Alvorada, onde tiveram quatro filhos, dotados, cada um, com dons e habilidades grandiosas.

Neste palácio ficaa guardada, uma relíquia, o Astrolábio, que era capaz de abrir portais para outros mundos. Os filhos do Deus Sol, eram responsáveis pela segurança dessa relíquia.

Adallu, um dos filhos de Thaonai, que possuía o dom de prever o futuro, viu em uma de suas visões um desastre, Tanagor estava sendo destruída, as tribos pegavam fogo e os povos sofriam. O jovem e seus irmãos foram até o encontro do pai, para poderem discutir sobre a visão de Adallu e traçar estratégias. O Deus Sol foi encontrar com seu pai, para que este pudesse te aconselhar e deixou nas mãos de Adallu a responsabilidade de vigiar o mundo no Trono de Fogo.

Depois de alguns dias, no difícil trabalho de vigiar o mundo e tendo cada dia mais visões, Adallu se sentiu mal, no Trono de Fogo, o que fez com que ele se descuidasse e caísse do trono, fazendo Tanagor afundar em uma profunda escuridão. Os céus foram preenchidos por raios, uma fúria jamais vista e seres obscuros começaram a invadir o mundo, em busca do Astrolábio. A visão de Adallu estava sendo concretizada, a guerra começara.


Que eu amo fantasia, não é novidade pra ninguém, mas quando ela vem rica de informações e cheia de elementos incríveis, eu me apaixono ainda mais e foi isso que aconteceu em A Invasão de Tanagor.

O que mais me deixou impressionada, foi a quantidade de histórias por trás dos elementos. São muitos personagens, muitas criaturas e um mundo completamente perfeito, criado em, relativamente, poucas páginas, imagina o que o autor criaria em maior número? 

Neste livro, eu viajei para um mundo completamente diferente dos que já li, o que trás uma originalidade incrível para a história e imaginar cada detalhe descrito pelo autor, me fez sentir vontade de querer ver uma adaptação cinematográfica.

A guerra que acontece durante as páginas, foi repleta de muita ação e as criaturas obscuras, principalmente uma mosca gigante, eram as coisas mais repugnantes que já li. Moooorro de nojo de moscas e essa me fez fazer careta quando eu lia suas descrições.

Que autores tem o a péssima mania de matar nossos personagens preferidos, vocês já sabem, né? Então, saibam que aqui terá muitas mortes sem piedade. Autores sem coração! Porém, o que eu gostei nisso, foi que as vitórias não se tornam clichês, onde só os "bonzinhos" vencem, como o que acontece nas Crônicas de Gelo e Fogo, mais conhecido como Game Of Thrones.

O final do livro é incrível e completamente surpreendente, além de deixar uma pontinha solta para, um segundo livro e eu já estou ansiosa por isso.


Nota previsível? Com certeza! E é com muito prazer que dou nota máxima pra essa leitura. Uma fantasia muito criativa, que envolve muitos elementos e ainda sim te prende até o final da história. Super indicado para os amantes de fantasia, para os jovens e até mesmo para os adultos, a leitura é bem leve e fácil de ser compreendida, vale a pena!
Então, leitores, eu espero que vocês tenham gostado, não se esqueçam de comentar comigo o que acharam da história, se já conheciam o autor, se ficaram com vontade de ler... vou amar saber a opinião de vocês!

Beijos! 

domingo, 9 de julho de 2017

[Mudando de Assunto] Rocky Balboa

Saudações literárias! Tudo bem com vocês, travellers? Fiquei sumido graças à minha super e mega master internet que vive mais morta que "vivo", sacaram o trocadilho? Passando pra avisar que estou preparando um especial dos filmes do Rocky Balboa. Sim! Sou fã dessa franquia, e sim! Pois treino boxe e acho super doido o Balboa.


Estou terminando aquela série do Dexter, assim que finalizar já vou partir e fazer uma maratona dos filmes do Rocky, espero que vocês gostem. Esses filmes são uns clássicos da "tela quente"... Peraí! Não lembro se passava na "tela quente" ou "sessão da tarde". O importante é que vou rever todos os filmes e passar minha opinião de cada aqui no blog. Fiquem ligados. 

Robert "Rocky" Balboa, Sr. É um personagem fictício, que segue carreira profissional como boxeador. Seu personagem foi vivido e criado pelo ator Sylvester Stallone.

O Rocky Balboa era um humilde lutador de bairro, que vivia de suas discretas lutas, no início de sua carreira segundo seu treinador Mickey, Rocky era um jovem promissor mas nunca se interessou realmente em evoluir, preferiu trabalhar para um agiota italiano chamado Tony Gazzo, com quem manteve uma certa amizade, Gazzo gostava de Rocky por ele ser descendente de italiano, ajudou Rocky dando US$ 500,00 para o seu treinamento, na primeira luta que fez com Apollo Creed.


O dois últimos parágrafos tirei do bom e velho Wiki, fiquem tranquilos, fiz diversas pesquisas pra ficar claro que foi o personagem Rocky. Ah! Só fiquem ligados pra acompanhar o especial. 

Não esqueçam de comentarem! Se não quiserem tomar um nocaute, beleza? 


sexta-feira, 7 de julho de 2017

[SORTEIO] Livro TREVAS

Olá, leitor!

Para fechar com chave de outro a semana de divulgação do autor  J. Modestos, que tal um sorteio? ADORO!



Para participar é fácil, siga as regras e preencha o formulário:

- Serão sorteados 4 livros Trevas;
- 2 entradas são obrigatórias;
- Os livros serão enviados pelo autor;
- Para participar é necessário residir em território nacional.
- O resultado será divulgado 15/07

Boa Sorte!

a Rafflecopter giveaway

quinta-feira, 6 de julho de 2017

[Resenha] Voo para a escuridão


Autor: Marcelo Simões
Páginas: 238
Editora: Geração Editorial

Sinopse: Há séculos, as histórias de masmorras e cativeiro atravessam a literatura, e nos lançam em um mundo de pavor e sombras. O livro "Voo para a Escuridão", de Marcelo Simões, pretende lançar o leitor nessa encruzilhada de tragédias e estilos - e alerta como o abismo pode estar, ali, na próxima esquina ou no primeiro portão de embarque. Principalmente, se temos o preconceito, a ingenuidade e o acaso atuando em sintonia perversa e simultânea contra nós.


Jak Harb, é um comissário de bordo colombiano, que estava escalado para uma viagem até o Brasil. Mas, o que seria mais uma viagem de trabalho normal, se tornou um inferno.

Jak e Gilberto, também comissário de bordo, resolveram atender o pedido de uma colega de trabalho: pegar um pacote, uma encomenda, com uma pessoa no Brasil. O que eles não imaginavam? Que essa pessoa era um traficante, que já estava na mira da polícia brasileira e o pacote era uma quantia de dinheiro, muito alta, resultante do tráfico de drogas internacional.

Sem terem a chance de se explicarem, Jak e Gilberto foram presos, por envolvimento com o tráfico de drogas internacional e jogados no presídio de Guarulhos. Passaram dias no isolamento, aturando a escuridão, comida ruim e as baratas, para depois conviver com outros presos. Mais tarde foram transferidos para o presídio de Itaí, onde ficam os criminosos estrangeiros.

Jak se sentia humilhado e injustiçado, sua liberdade foi tirada, sem ao menos ter a chance de se explicar. Fora isso, tinha que esconder o fato de ser gay, para não ser transferido para a ala dos homossexuais e estupradores, e acabar servindo para os presos esconderem celulares e drogas no seu corpo quando tivesse vistorias.

Passando por várias humilhações e represálias, preconceito por causa de sua nacionalidade, sofrendo e convivendo com criminosos. Jak também encontrou ajuda, fez amigos, para que esse tempo preso não fosse um martírio total. Será que a justiça brasileira tarda, mas não falha? Será que Jak só estava no lugar errado, na hora errada, com a pessoa errada? Ou também faz parte disso?


Quando eu vi esse livro na Bienal do Livro daqui de Minas, perdido entre tantos outros e li a sinopse, eu fiquei interessada na hora. Essa questão das prisões, como tudo acontece lá dentro e o sistema, é algo que me interessa muito. Não é atoa que Orange Is The New Black é a minha série preferida.

Mas logo veio o receio: eu tenho um histórico bem grande de leituras abandonas porque tem quase zero de diálogo. Pensa em uma pessoa que não queria ler nem o segundo parágrafo por causa disso? Eu mesma. Minhas expectativas abaixaram demais, mas persisti na leitura, que me envolveu na segunda página hahaha.

Eu estou realmente surpreendida por ter amado esse livro e ter lido tão rápido. Eu me comovi muito com a história de Jak Harb, que é baseada em fatos reais e trás uma riqueza de fatos muito grande.

Atenção estudantes de Direito! Eu entendo pouco ou quase nada sobre a área, mas eu acho que seria uma leitura muito válida para vocês. Pois o livro trás informações bem legais, como a questão do habeas corpus e processos penais.

Apesar do livro não ter muitos diálogos e ser uma história real, o autor consegue te envolver com uma escrita simples, bem fácil de compreender, trazendo informações reais sobre as cadeias brasileiras e tudo que acontece lá dentro. Desde a comida ruim e a precariedade das celas, até as brigas e laços de amizade e família construídos lá dentro.

Tudo acontece bem rápido, então não deu nem tempo de eu ficar entendiada. O livro trás surpresas, reviravoltas e trás emoções tanto quanto qualquer outro livro de ficção.

Eu gosto bastante da capa, porque ela retrata bem a história do livro. Encontrei alguns errinhos de revisão, mas nada que comprometa a leitura, as vezes você passa por eles até sem perceber.

É uma leitura que recomendo muito, para quem gosta de receber esse tipo de informação ou que se interessa pela área penal e para quem deseja se aventurar por algo diferente. Super válida a leitura!


Minha nota para esse livro não poderia ser diferente, achei muito interessante, já recomendei para muitas pessoas ao meu redor e agora super indico para vocês!
Espero que tenham gostado e não esqueçam de comentar comigo o que acharam do livro, se leriam, se já leram. Deixem aí o comentário de vocês!


Beijos!


quarta-feira, 5 de julho de 2017

Conheças as obras de J. Modesto

Olá, leitores!

Hoje vim compartilhar com vocês algumas obras do autor J. Modesto. Pra quem gosta de fantasia e terror e suspense, é um prato cheio! Lógico que eu já coloquei todos da minha lista!


TREVAS: O Sol ardente contribuía para irradiar a luz própria das igrejas da Cidade do Vaticano. Cenário ideal para uma misteriosa conversa entre o Cardeal Giglio e Sua Santidade, o Papa. Diante de um secreto dossiê, o Papa dá carta branca ao cardeal, para combater o Mal com o Mal. Perante tal contexto, não se iluda o leitor que está diante de uma mera ficção religiosa. O autor, J. Modesto reuniu neste livro suas diversas cenas de terror e suspense, e que, de forma inteligente contextualizou-as no submundo do tráfico de entorpecentes de São Paulo e Rio de Janeiro. Lugar no qual o bem e o mal, o certo e o errado, confrontam-se diariamente, mas do que se possa imaginar. Com esta mistura engenhosa de realidade e ficção, o leitor se depara frequentemente com a dúvida do que é ou não real.


ANHANGÁ - A FÚRIA DO DEMÔNIO: Nos primeiros dias após a fundação da vila de São Paulo de Piratininga, o Padre Jesuíta José de Anchieta tenta acalmar um indiozinho aflito que se escondera no pequeno barracão do colégio. O medo do maléfico demônio Anhangá é o motivo do pavor do menino de pele avermelhada. Com todo o carisma que possuí, o jesuíta acolhe o pequenino enquanto a natureza, lá fora, demonstra toda a sua fúria através de uma tempestade que castiga impiedosamente a vila, sem saberem que o Mal está bem próximo.


VAMPIRO DE SCHOPENHAUER: Até as suas convicções irão mudar! Arthur Schopenhauer foi um dos maiores filósofos alemães do século XIX. Seu pensamento era caracterizado por não encaixar-se em nenhum dos grandes sistemas de sua época. Ele introduziu o Budismo e o pensamento indiano na metafísica alemã. Ficou conhecido por seu pessimismo e sua visão sobre a Morte, a Imortalidade e o Divino, mexendo com os alicerces da Filosofia da época. Agora, imagine esse homem ranzinza e pouco sociável, no auge de sua fama e pouco tempo antes de sua morte, encontrando-se com um ser Imortal, com séculos de existência, avesso ao divino, cuja própria existência coloca em xeque os fundamentos de tudo que ele acredita.


Agora me digam, já conheciam os livros? Gostam dos gêneros? Já conheciam o autor? Deixem seu comentário, vou amar saber o que vocês acharam do livro!

Beijos!

terça-feira, 4 de julho de 2017

Conheça o livro: Joelma – Antes da Escuridão

Olá novamente, leitor! hahaha

Hoje é um dia atípico no blog, com duas postagens no dia, mas é por uma ótima causa. Vim compartilhar com você, uma leitura que estou muito curiosa para fazer e que espero, de coração, ter a oportunidade algum dia. Eu sou apaixonada pelo gênero, então nem preciso dizer mais nada.

Sinopse: Em 1974, uma das mais modernas e imponentes construções da cidade de São Paulo ardeu em chamas, num dos mais traumáticos incêndios de que se tem notícia. As chamas teriam supostamente começado, de forma misteriosa, em um aparelho de ar condicionado. Se espalharam rapidamente, vitimando centenas de pessoas, e provocando mais de 190 mortes. A fama de edifício amaldiçoado perdurou desde então, mas o que poucos sabem é que sua aura, que impregnou suas paredes de concreto, teve inicio muito tempo antes. Conheça, agora, os fatos que deram origem ao chamado Enigma do Edifício Joelma. A maior Lenda Urbana da capital paulista. 

Editora: LIVRUS | Ano: 2014 | Assunto: Literatura Nacional - Terror e Sobrenatural | ISBN: 978-85-8360-017- 6 | Páginas: 272 


SOBRE O LIVRO

Tragédia do edifício Joelma é revisitada em ficção “Joelma: Antes da Escuridão” mistura ficção e realidade para criar clima de suspense neste thriller que narra a batalha entre o bem e o mal. Em 1974, o Brasil sofreu uma de suas maiores tragédias com o incêndio do edifício Joelma, supostamente iniciado em um ar condicionado. Mas o terreno do prédio já é amaldiçoado há tempos. É partindo deste pressuposto que J. Modesto mistura ficção e realidade em Joelma: Antes da Escuridão, thriller de tirar o fôlego publicado pela editora Livrus.

Neste livro o autor explora a origem da lenda que envolve de um edifício que foi construído sobre um terreno que foi cenário um triplo homicídio, que ficou conhecido na época como “Crime do Poço”.

Cerca de trinta anos antes do incêndio no edifício Joelma, seres malignos provenientes do inferno querem dominar a Terra. Para isso, precisam que Paulo construa um poço, ao passo em que devem combater dois padres, uma freira, um delegado e Gilberto, poderoso médium, que farão de tudo para livrar a Terra deste mal.

"Padre Antônio não tinha tempo a perder. Precisava fazer com que o Bispo o recebesse, mas a autoridade eclesiástica parecia evitá-lo. Passando pela sacristia, não deu atenção a nada nem ninguém que encontrou pelo caminho. Seu objetivo principal era apanhar alguns documentos e gravações que fizera da pequena Marina e levar até seu superior na tentativa de convencê-lo de que a menina realmente estava possuída por um demônio, precisando desesperadamente de um exorcismo."

As histórias de todos são cruzadas, desde o delegado Afonso, que deve encarar um criminoso que parece não ter medo da Lei e, ao mesmo tempo, proteger sua família, até Paulo, professor meio perturbado e que não suporta suas irmãs e mãe. J. Modesto consegue unir todas estas teias de história em uma só, criando uma onda de grande suspense e terror.

O livro conta com uma belíssima capa que ilustra a ficção criada por Modesto. Dentro da obra há ainda uma ilustração do demônio que se manifesta na história e fotos reais na contracapa que se ligam à trama.

Em Joelma – Antes da Escuridão, J. Modesto leva o leitor ao ápice da imaginação. O autor vai na contramão dos livros tradicionais, que relatam acontecimentos, e explora os elementos da ficção e do terror, utilizando locais e dados reais, sem pretensão de apresentar fatos que inocentem ou culpem os envolvidos nos episódios verídicos que aconteceram no final da década de 1940.

SOBRE O AUTOR

J. Modesto é paulistano, nascido em 1966 e formado em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Publicou o primeiro livro, Trevas, em 2006. Já em 2008, participou da antologia Amor Vampiro, junto com outros seis autores. Por conta desta obra ganhou o prêmio Codex de Ouro de melhor antologia em conjunto com os contos Amante Notívago e O Anjo e a Vampira. No mesmo ano lançou Anhangá – A Fúria do Demônio, que foi destaque na Bienal do Livro. Em 2011 o autor participou da coletânea Anjos Rebeldes e em 2012 da coletânea O Livro do Medo. As obras mais recentes do autor são Vampiro de Schopenhauer (2012) e Joelma - Antes da escuridão (2013). Modesto é fascinado pelos gêneros de terror e suspense, tem entre seus ídolos H.P. Lovecraft, Stephen King, Mary Shelley, Anne Rice e Edgar Allan Poe. Ele também histórias em quadrinhos, cinema e literatura fantástica, vem se tornando um ícone do gênero literário nacional. Em conjunto com outros autores fundou o site Fontes da Ficção.

Site: J Modesto | Página no Facebook: J Modesto Autor | Skoob: J Modesto |



SOBRE A EDITORA

A LIVRUS é uma editora que oferece serviços essenciais à publicação, comercialização e divulgação de livros. É uma empresa que propõe alternativas viáveis entre a auto-publicação e a edição tradicional. E que, através de suas soluções, integra autores e leitores através de um amplo e bem estruturado networking. Dentre as soluções desenvolvidas pela empresa destacam-se a LIVRUS.BIZ e a LIVRUS.COM.

Site: LIVRUS


Eu espero que você tenha se interessado por essa história, tanto quanto eu. Fique de olho nas redes sociais do blog e aqui, é claro, essa semana, para saber mais novidades sobre o autor e suas obras. Provavelmente eu volto aqui amanhã para divulgar mais algumas coisas para você, se não, será no Facebook ou Instagram.

Beijos! 

[SORTEIO] Aniversário do Gettub

Olá, leitor!

Hoje eu venho comemorar com vocês, o aniversário do Gettub! E como em todo aniversário não pode faltar presente, terá muitos livros para sortear aos nossos leitores!


"E chegamos ao SEGUNDO ANO de vida do GETTUB. Sabem? Foi difícil conciliar as tarefas do blog com meu trabalho, a escrita do novo livro e minha vida particular. Ainda mais este ano, quando meu emprego exigiu de mim mais do que imaginava. Mas recebi compensações. As visitas do blog aumentaram mais de NOVE VEZES. Hoje, posso afirmar que o GETTUB é um local que possui uma comunidade fiel de fãs, muitos fãs, que traz resenhas da maior qualidade, promoções incríveis e parceiros com quem posso contar. E são eles que estão ajudando a divulgar esta comemoração, que premia você, leitor, por todos estes meses de convívio."

BLOGS PARTICIPANTES



REGRAS

1. Os vencedores precisam residir, ou ter endereço de entrega, em território nacional;
2. O período de inscrição será do dia 04/07/2017 ao dia 31/07/2017;
3. O GETTUB será responsável pelo envio dos PRÊMIOS. O prazo de envio é de até 30 DIAS ÚTEIS, e o GETTUB não se responsabiliza por danos, extravios ou retornos das encomendas;
4. Os vencedores terão um prazo de 48 HORAS, após o resultado, para entrar em contato com o GETTUB. Caso contrário, o sorteio será refeito;
5. O contato com os vencedores será feito POR E-MAIL, apenas. Então, é muito importante que ele esteja correto ao preencher o formulário;
6. O resultado da promoção será divulgado no dia 01/08/2017;
7. Este sorteio é de caráter recreativo/cultural, conforme item II do artigo 3º da Lei 5.768 de 20/12/71 e dispensa autorização do Ministério da Fazenda e da Justiça, não está vinculada à compra e/ou aquisição de produtos e serviços e a participação é gratuita;
8. O blog GETTUB se reserva o direito de dirimir questões não previstas nestas regras.

PRÊMIOS

Para participar, você já sabe: precisa preencher os formulários de cada prêmio, onde existem entradas obrigatórias, que valem UM PONTO, e opcionais, que valem CINCO PONTOS. Além das DIÁRIAS, que valem 5 PONTOS por dia. Quantos mais pontos você somar, mais chances tem de ganhar.


BOX PREMIUM HARRY POTTER EXCLUSIVA AMAZON

a Rafflecopter giveaway


KIT 1: 
TRAÇOS, O QUARTO DIA, CRAVE A MARCA, DE REPENTE ACONTECE, O QUE ME DISSERAM AS FLORES, SEGUNDO A LEI DA ARMA, ONÍRIA, UNI-DUNI-TÊ

a Rafflecopter giveaway


KIT 2: 
CIDADES DE PAPEL, JUNTANDO OS PEDAÇOS, TRAMA, O VILAREJO, A GAROTA SEM PASSADO, O COMEÇO DE TUDO, A OUTRA VIDA, ISLA E O FINAL FELIZ

a Rafflecopter giveaway


KIT 3: 
OS BONS SEGREDOS, NO CENTRO DA TERCEIRA FILEIRA, ESTRELA DA MANHÃ, O SORRISO DA HIENA, O ORFANATO DA SRTA. PEREGRINE, A LENDA DE RUFF GHANOR, SIMPLESMENTE ACONTECE, FACA DE ÁGUA

a Rafflecopter giveaway

Use os comentários para deixar qualquer dúvida, e BOA SORTE!


Eu quero deixar os meus mais sinceros parabéns ao Gettub, que é um blog excelente e que trás muita coisa boa para os leitores e resenhas super sinceras, que eu amo ler, pois é um dos poucos blogs, que eu conheço, que tem a coragem de dizer de verdade e de forma bem clara e explicada o porque de um livro ser bom ou não. Passem lá, acompanhe suas redes sociais e participe do sorteio, que está incrível!

Beijos!

terça-feira, 27 de junho de 2017

[Parceria] Lendárias - Cristy S. Angel

Saudações literárias! Tudo bem com vocês? Espero que sim, hoje trago mais um pouco sobre nossa autora parceira, Cristy S. Angel. Vamos falar um pouco do livro dela? Então, para os apaixonado em literatura fantástica, esse livro é mais que indicado, logo mais estarei devorando essa obra e fazer uma resenha super bacana. Vamos divulgar nossos autores nacionais! 

Minha expectativa? Uma leitura super fluída e bem emocionante, adoro livros dessa vibe fantástica, com brucos e muitos combates. Agora vocês podem conferir à capa e sinopse, deixar os leitores com um gostinho de quero mais. 


Sinopse: Em sua busca pela libertação de uma maldição, Kahlan, a líder das Lendárias, é capturada pela legião em uma emboscada para ser levada ao rei das terras do norte. Na jornada, repleta de perigos e segredos através da floresta negra, têm seus poderes removidos por um bracelete mágico. Enquanto isso, o restante de seu clã guerreiro terá de decidir se partirá em sua busca ou se desvendará um novo mistério no forte das bruxas. Nesse meio tempo, a jovem e encantadora líder é levada como prisioneira pelo comandante da Legião, o belo Lian Ruthven, mas o que ambos não sabem, é que seus destinos estão mais ligados do que poderiam imaginar.

E aí, gostaram? Espero que vocês possam ler e conferir, fiquem ligados na resenha daqui alguns dias. Até à próxima. 


domingo, 25 de junho de 2017

[Parceria] Cristy S. Angel

Bom dia, boa tarde ou boa noite leitores, tudo bem com vocês? Espero que sim, hoje trago para você nossa nova parceria, autora super gente boa. Seja bem vinda Cristy S. Angel ao blog! Não repara na bagunça, ok? Vamos conhecer um pouco mais sobre autora e logo mais tem resenha do livro dela. Quem aí curte livros de fantasia coloca o dedo aqui que já vai fechar o abacaxi.



Nome Cristiane, gaúcha, idade bruxa desconhecida e humana não comentada, (Rsrs) pseudônimo Cristy S. Angel. Nasci em Porto Alegre, sou mãe de dois meninos, e Jogadora de MOBAS e RPGS Online, mas meu favorito é o card game HS. Sou apaixonada por comida Italiana e amo chocolate e café. Amo chocolate, já disse isso? Haha!


O meu primeiro contato com a leitura foi através das HQs do tio patinhas que minha mãe sempre que podia comprava, e do conto da Bela adormecida ilustrado. O primeiro livro que li sem ilustrações foi da série vagalume, que a minha professora de português nos entregava toda semana para ler e fazer resumo da leitura. O meu favorito era “A Arvore que Dava Dinheiro”. Nessa época comecei a escrever contos, mas nunca quis publica-los. Foi somente depois de ler Instrumentos Mortais de Cassandra Clare que, realmente me apaixonei pela literatura fantástica. Conheci vários outros títulos do gênero, e o meu favorito é Trono de vidro, da Sarah J. Maas. Hoje sou Potterhead, caçadora de sombras, campeã, tributo, divergente, elemental, e Lendária .

Gostaram da parceria? Fiquem ligados para os próximos post, vamos falar do livro da autora e nossa expectativa em ler. Não esqueçam de comentar e compartilhar com seus amiguinhos. Até mais.