terça-feira, 2 de maio de 2017

[Resenha] Contando Estrelas


Autora: Thati Machado
Páginas: 90
Editora: Independente

Sinopse: Leo e Davi deram início a uma linda história de amor, todavia ainda não encontraram seu final feliz. Enquanto Leo quer gritar para o mundo o que sente pelo amado, Davi não se sente pronto para assumir seus sentimentos e teme que a família o rejeite. Esperando que vivenciar uma pequena aventura faça Davi mudar de ideia e perceber o que realmente importa, Leo o leva para acampar junto com seus melhores amigos. O acampamento, contudo, trará surpresas e reviravoltas. Será o medo capaz de afastar dois corações que batem um uníssono?


Se abrir com os pais é bem difícil para uma boa parte das pessoas. E quando é preciso revelar algo? Quando esse algo pode criar uma grande confusão? E quando você teme reações negativas? Revelar o que é preciso pode se tornar ainda mais complicado. Dizer que é homossexual não deveria ser difícil, mas quando a sociedade é composta por pessoas com cabeças trancadas dentro de caixas a sete chaves, esse temor se torna comum. Mas Leo precisava dizer, guardar aquilo já não fazia mais sentido e a reação de seus pais? Melhor, impossível.

Mas será que com Davi seria a mesma coisa? Ele teme o julgamento dos pais e da sociedade, por isso ainda é extremamente inseguro.

Leo e Davi vivem uma linda história de amor, mas a insegurança pode atrapalhar o relacionamento dos dois e é pensando em fazer o namorado mudar de ideia, que Leo leva Davi para um acampamento com um casal de amigos.

Rodeados pela natureza e pelo céu estrelado, esse acampamento pode trazer grandes surpresas, uma revirada no passado, revelações e reviravoltas. Será que finalmente o casal terá o seu final feliz?


Sabe aquela história que tem a capacidade de aquecer nossos corações? Que faz com que a gente se envolva tanto, que os personagens acabam sendo parte das nossas vidas? Esse é Contando Estrelas.

Muito mais que quebrar um tabu, essa história nos trás ensinamentos. lições de vida. Aprendi com Leo e Davi, que as inseguras e os medos podem ser bem comuns, mas se não encaramos, nunca perdemos o medo e nem saberemos o que nos aguarda.

Contando Estrelas é um Spin-off do livro Com outros olhos, que eu ainda não li, mas que depois de conhecer um pouco sobre Leo e Davi, me fez querer conhecer essa outra história com urgência.

Que eu sou fã da Thati Machado, isso não é segredo pra ninguém, só que a cada livro lido da autora, eu me surpreendo cada vez mais. Não teve livros dela que eu não tenha me emocionado, que eu não senti pelos personagens, que eu não quis abraça-los. Acho que a maior qualidade das histórias da Thati, estão nos personagens, não tem como não se apaixonar. O Noah de Poder Extra G ainda é meu preferido, mas o Leo, aiiii que vontade de apertaaaar ele de tão fofo.

Eu senti falta de mais história, sabe? Eu queria ler mais, saber mais sobre o casal. Contando Estrelas é uma leitura para se fazer em um dia. É lindo e cheio de amor do inicio ao fim.


Minha nota não poderia ser diferente. Foi maravilhoso poder ter tido a oportunidade de conhecer essa história de amor e ter tido a chance de contar as estrelas com Leo e Davi. Eu só queria ver mais livros como esse no mercado. Quero mais personagens fora desse "padrãozinho" da sociedade, como Leo, Davi, Nina, Nico, Noah, Marcela, Mia e tantos outros.

NOTA: 5/5

Livro recomendadíssimo pra quem gosta do gênero, para quem nunca leu um romance LGBT e quer se aventurar, para quem não gosta, mas precisa desconstruir alguns conceitos, pra quem quer ler algo rápido, leve e mesmo assim emocionante, para TODOS! Não esqueça de comentar comigo o que achou. Vou amar saber sua opinião.

Beijos estrelados! 

24 comentários:

  1. Olá
    Eu não conhecia o livro, mas parece ser interessante, e acho mesmo que deveriam ter mais obras dessa no mercado. Deve ser muito envolvente, e pelo que pude compreender em suas impressões, a história motiva bastante, e não é apenas pelo fato de "quebrar um tabu", mas de ter um enredo que vale a pena conferir, assim como pelo desenvolvimento dos personagens. Eu gostaria de poder fazer essa leitura também!
    Beijos,F

    ResponderExcluir
  2. Olá que interessante, primeira resenha e livro com essa temática que vi, adorei sei que tem outras obras feita a respeito mais nunca vi e hoje tive a oportunidade, adorei já entrou para lista de leitura, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Uma resenha desprovida de qualquer preconceito... Parabéns!!! Leio tudo que a Thati Machado escreve, e com certeza de que a escritora arrasa, recomendo os físicos, digitais e o áudiolivro.... A terceira opção só encontramos Com Outros Olhos💗 e Contando Estrelas 💗

    ResponderExcluir
  4. Também sou muita fã da Thati, a escrita dela é maravilhoso e seus livros sempre me surpreendem <3
    Adorei saber que ela continua quebrando tabus e ensinando coisas lindas pra vida em mais um livro, pois ainda não li esse, mas já quero!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Tenho Poder extra G no meu kindle mas ainda não li, e nem um outro da autora.
    Mas fiquei bastante curiosa com esse livro pois adoro essa temática, e realmente se abrir para os pais nunca é fácil. Gostei de saber que a autora soube trabalhar bem o tema e ainda criou um personagem tão fofo e encantador.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Ainda não conheço as obras da autora e meu contato com Contando Estrelas foi apenas em resenhas. Sendo bem sincera, confesso que não me interessei pela leitura por causa da temática. Não tenho preconceito nenhum, mas livros que tem o foco principal romances LGBT não me prende, foge dos meus limites. Li vários livros onde tem personagens homossexuais e isso não me incomda de forma alguma; meu bloqueio é com o romance homossexual ser o foco, assim como não consigo ler livros de terror, magia, entre outros...
    Enfim, apesar de não ser o que curto, adorei sua resenha e o modo como você relatou seu ponto de vista... Parabéns!
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Ainda não li nada LGBT, mas livros que tem esses personagens como secundários.
    Acho que esse livro séria um ótimo começo para mim e ainda mais por ser nacional.
    Gostei muito que você indicou o livro para que alguns conceitos sejam desconstruídos. Mas é difícil e alguns comentário, mostra isso. Complicado dizer não ter preconceito e se senti incomodada por um romance homossexual ser o foco. Não consigo entender esse preconceito seletivo, que só aceita quando não é o foco de algo.
    Amei a resenhe e desculpa se me fixei em um comentário que li aqui, mas não podia ficar calada.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro nem aquele do qual este e um spin off... :) Ainda bem que gostaste de fazer esta leitura, eu fiquei curioso! :)

    O tema não me afasta da leitura, pelo contrario, acho importante que seja tratado.. Ainda bem que a autora não te desiludiu e a historia te agradou tanto! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Nossa, deu para notar o quanto gostou do livro. Pena que sentiu que faltou algo, mas mesmo assim, foi uma história que te conquistou bastante.
    Gostei da dica, e vou anotar para poder conferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oi. :)
    Já li várias resenhas desse livro, e a sua só me deixou ainda mais curiosa em conhecer Leo e Davi.
    Pretendo ler em breve, quero tirar minhas próprias conclusões.
    Parabéns pela resenha.
    Blog As Meninas Que Leem Livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    A-do-ro histórias que aquecem o coração, ainda mais com personagens tão reais e envolventes, e uma leitura tão fluída que se faz rapidamente não dá pra dispensar a dica.
    Gostei da ideia desse spin-off, pode ser que ele desperte meu interesse para leitura de com outros olhos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, Nayara

    Eu nunca li um livro com temática LGBT, acredita? Já li livros com personagens homossexuais, claro, mas eles eram sempre os antagonistas. Acho a proposta do conto muito interessante e não sabia que se tratava de um spin-off. Já li um outro conto da autora e gostei bastante, gostaria de ler outra obra dela... quem sabe essa? :)

    ResponderExcluir
  13. Adoro livros com a tematica LGBT, nos dão um novo olhar, nós do ponto de vista de privilegiados não entendemos os sofrimentos dos outros, isso é bem bacana. Não conhecia a obra, mas essas citações me ganharam.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Gosto muito de livros LGBT e posso ver que esse conseguiu abordar o assunto com uma sensibilidade incrível. Não conhecia também o livro que deu origem a esse conto, mas acredito que começaria a leitura por ele, e espero que você curta a leitura também!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Não tenho nada contra ao que as pessoas leem, mas eu jamais leria um livro com uma estória assim. Não faz o meu tipo mesmo.

    ResponderExcluir
  16. Oii!

    Nunca li uma história assim mas gostei muito , parece ser um enredo bem interessante.

    Adorei a resenha e já coloquei na lista de desejados!

    Beijos
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Nayara!
    Não conhecia o livro, mas fiquei bem interessada na premissa. Nunca li um livro LGBT, mas já vi alguns títulos bem legais do gênero. Como gostei da premissa desse livro vou anotar a dica para conhecer assim que possível. Parabéns pela resenha!

    Beijos,

    Rafa [blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bem?
    Gente, acho a coisa mais linda romance LGBT sendo tratado com tanto carinho pelos nossos autores! Ainda são raros, mas me dá orgulho de ver que mais e mais pessoas leêm histórias ambientadas assim. Espero que isso só aumente! <3

    ResponderExcluir
  19. Oie! Tudo bem?

    Vou com certeza indicar esse livro para uma amiga minha que curte tramas LGTB, eu por outro lado não curto muito, mas pelo carinho que você falou da história na sua resenha, chegou a bater uma certa vontade de conhecer a história desses dois! Vamos ver se futuramente não realizo a leitura do conto!

    Bjss

    ResponderExcluir
  20. Oi Nayara, como está?
    Já li resenhas desse livro e do outro que originou esse, além de ter lido sobre Poder Extra G. Adorei todas as propostas e com certeza eu adoraria ler algo da autora e até mesmo conhecê-la, pois acho ela uma escritora de primeira por ter tantos personagens representativos.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?
    Já ouvi falar muito desse livro e o mesmo me deixa bem curiosa! Curto essa premissa de um casal gay que tem dificuldades de se assumir e de superar seus medos já que sabemos o quanto a sociedade ainda julga. Curti muito saber que a autora aborda essa questão de que o medo pode paralisar e trazer consequências muito ruins se não enfrentado.
    Anotei a sugestão! Espero poder ler em breve.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  22. Olá!Nunca li nenhuma livro onde o casal principal fosse homossexual!
    Não é o tipo de leitura que me atrai.acho q por falta de costume mesmo.primeiro livro que vejo com esta temática para vc ter uma ideia.mas pareceu ser maravilhoso e bem escrito
    E isto é um ponto maravilhoso a favor desta leitura

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem? Tenho que dizer que nunca li nada da Thati, mas vendo tantos elogios a esse spin-off... me deu até vontade de ler. Acho que o tema é um que é super importante e mostrando esse lado dos medos, dos desafios que um casal tem que enfrentar diante de todo um preconceito é algo que eu ainda não vi e acho que é muito importante. Como eu considero válida toda a forma de amor, me interessou bastante e fico muito feliz de ver que uma autora não teve medo de escrever sobre. E entendo o seu desejo de querer mais, quando amamos muito uma obra é impossível não desejar ainda mais. Vou deixar anotado por aqui para ler!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  24. Oiiii

    Não conhecia o livro nem a autora ainda. Apesar de nunca ter lido nada LGBT, acho super importante os autores nacionais estarem se empolgando pra falar sobre isso. O livro parece ser apaixonante, mas ainda não é aquele me empolgou pra ler sobre o tema kkkkk Mas confesso que fiquei bem curiosa pra ver a tragetoria do casal por causa de todo o preconceito e ignorância. Adorei seus comentários e a experiencia que teve com o livro, é muito gratificante quando ele se torna tão memoravél.

    Bjão
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir